Subprojeto 36 -  Avaliação da bioacumulação e dos efeitos de nanopartículas de zinco e titânio e sua associação na retina, nervo óptico e encéfalo de Prochilodus lineatus (curimbatá)

Participantes:

Sonia Regina Grötzner – Coordenador, Ciro Alberto de Oliveira Ribeiro
Maritana Mela, Marco Antônio Ferreira Randi, Izabela Paulini de Jesus, Fracisco Filipak Neto, Daniele Dietrich

O presente projeto está centrado no comprometimento do sistema nervoso central pela contaminação ambiental, abrangendo também a retina e nervo óptico. Esta questão poderá ser observada na exposição à nanopartículas presentes no meio ambiente aquático dulcícola. Assim, vai trabalhar com modelos animais já utilizados anteriormente e que se revelaram muito eficazes para o estudo dos mecanismos celulares da intoxicação mercurial do sistema visual. A verificação da localização dos óxidos de nanometais (ZnO e TiO2) e os efeitos destes na retina, nervo óptico e tecido encefálico será feita com a exposição hídrica de Prochilodus lineatus durante dois intervalos de tempo. A microscopia eletrônica de transmissão, de varredura, e a microscopia de campo claro serão utilizadas, assim como o ensaio de peroxidação de lipídeos, para a verificação do efeito dos nanometais sobre a integridade dos lipídeos..