Pela primeira vez, cientistas conseguiram tracejar qual o circuito neural está envolvido no cuidado parental.

IMAGEM-124-1024x640

Créditos da imagem: Kohl et al., 2018.

O cuidado parental é essencial para a sobrevivência e bem-estar da prole dos mamíferos. No entanto, nos faltava até o momento, um nível compreensão de qual o circuito neural está envolvido nos padrões de comportamento envolvido neste fenômeno. Aqui, foi investigado como a expressão de galanina em neurônios na área pré-óptica medial (MPOAGal) do hipotálamo coordenam comportamentos motores, motivacionais, hormonais e sociais dos aspectos da parentalidade em ratos. Esses neurônios integram inputs de um grande número de áreas do cérebro e a ativação desses inputs dependem do sexo e do estado reprodutivo do animal. Subconjuntos de neurônios MPOAGal formam pools discretos que são definidos por seus sites de projeção. Enquanto a população MPOAGal está ativa durante todos os episódios de comportamento parental, pools individuais são ajustados para aspectos característicos do cuidado com a prole.
Através da manipulação optogenética das projeções destes neurônios MPOAGal, os pesquisadores conseguiram descobrir como esses neurônios participam no comportamento de cuidado parental!
Veja todo trabalho no paper anexado:

Functional circuit architecture underlying parental behaviour

Keywords: #adipócitos; #woundhealing; #drosophila