Macrógafos e a acidificação de fagossomos para fagocitose.

IMAGEM (5)

Créditos da imagem: Sedlyarov et al., 2018.

Macrófagos representam a primeira linha de defesa imunológica contra patógenos, e a acidificação de fagossomos é um passo necessário na depuração de patógenos.
Depois de envolvê-lo em vesículas da membrana intracelular, em um processo chamado de fagocitose, os macrófagos destroem o patógeno com devido a grande acidez da vesícula fagocítica, responsável pela ativação de enzimas que irão, digerir o patógeno ou debris celulares. No entanto, ainda não é totalmente entendido como o processo de acidificação é estabelecido.
Neste trabalho foi identificado o transportador de bicarbonato SLC4A7, que é fortemente expresso em macrófagos diferenciados, e crítico para a acidificação de fagossomos. A perda de SLC4A7 reduziu a acidificação de esferas artificiais fagocitadas ou bactérias fagocitadas e prejudicou a capacidade microbicida intracelular, em linhagens celulares de macrófagos humanos. O fenótipo foi resgatado por SLC4A7 do tipo selvagem, mas não por mutantes SLC4A7, afetando a capacidade de transporte ou a localização desse transportador na superfície celular. A perda de SLC4A7 resultou no aumento da acidificação citoplasmática durante a fagocitose, sugerindo que a manutenção do pH citoplasmático mediada por SLC4A7 e bicarbonato é necessária para a acidificação dos fagossomos. Ao todo, os pesquisadores identificaram que a homeostase do pH citoplasmático é mediada também pelo transportador SLC4A7 de bicarbonato, um importante elemento para a correta fagocitose e as funções microbicidas associadas, em macrófagos.

Veja este trabalho completo no paper anexado:

The Bicarbonate Transporter SLC4A7 plays a key role in macrophage Phagosome Acidification

Keywords: #fagocitose; #macrófagos; #cellbiology; #bicarbonato.